Conecte-se Conosco

Política

Senadores vão ao STF para tentar tirar Renan da relatoria da CPI

Os parlamentares alegam na ação que Renan Calheiros é pai do governador de Alagoas, Renan Filho (MDB-AL), um dos eventuais investigados da CPI

It News MS

Publicado

 em

Divulgação

Os senadores Jorginho Mello (PL-SC), Marcos Rogério (DEM-RO) e Eduardo Girão (Podemos-CE) protocolaram há pouco um mandado de segurança no STF para tentar remover o senador Renan Calheiros (MDB-AL) da relatoria da CPI da Covid.

Os parlamentares alegam na ação que Renan Calheiros é pai do governador de Alagoas, Renan Filho (MDB-AL), um dos eventuais investigados da CPI. O caso foi alvo de uma questão de ordem apresentada por Jorginho Mello na sessão de ontem da CPI e foi suscitada também em uma ação impetrada pela deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP).

Além disso, o mandado de segurança também aponta o mesmo conflito de interesses para o suplente de Calheiros, Jader Barbalho (MDB), que também tem um filho governador, no caso, Helder Barbalho (MDB-PA).

Clique para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Enquete

Facebook

Publicidade