Conecte-se Conosco

Internacional

Por que o rompimento de um iceberg anima cientistas?

No momento, o fenômeno não coloca vidas em risco, mas deve ser monitorado

It News MS

Publicado

 em

Um iceberg, maior em dimensão que a cidade do Rio de Janeiro, quebrou e se desprendeu da Antártica, gerando euforia na comunidade científica. O rompimento foi na sexta-feira, 26 de fevereiro, e confirmado por meio de instrumentos na superfície da plataforma de gelo Brunt.

Esta não é a primeira vez, nem será a última: icebergs periodicamente se desprendem de plataformas de gelo. O último grande pedaço a quebrar na região antártica de Brunt foi no início dos anos 1970.

Apesar de ser raro, o fenômeno é descrito por cientistas como “espetacular” porque ocorre naturalmente e não tem relação com mudanças climáticas – estas, sim, uma preocupação global.

Descolamentos como este, ao contrário, indicam uma reorganização da natureza em busca de equilíbrio em áreas geladas e ajudam a ciência a entender o funcionamento de grandes plataformas de gelo.

Fissuras como a denominada North Rift deram pistas de um rompimento — Foto: Avankints

O novo iceberg, com seus 1.270 km², é grande, mas menor que o iceberg A68, que se desprendeu em julho de 2017 na plataforma de gelo Larsen C.

Descolado em 2017, iceberg A68 tinha quase quatro vezes o tamanho do Rio de Janeiro — Foto: Mario Tama/Getty Images

Mudanças climáticas?

O desprendimento de icebergs de uma plataforma de gelo é um acontecimento muito natural, portanto não é atribuído às mudanças climáticas.

A plataforma “busca” manter seu equilíbrio — e rompimento de icebergs é uma forma de balancear a massa acumulada de neve e a entrada de gelo a partir de glaciares por terra.

Diferente do que acontece em outras áreas geladas, os cientistas não detectaram região de Brunt mudanças climáticas que alterariam significativamente o processo natural descrito acima.

Além disso, estimativas sugerem que o Brunt chegou à sua maior extensão no último século, o que favorece grandes descolamentos como este.

Clique para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Enquete

Facebook

Publicidade