Conecte-se Conosco

Política

PDT pede interdição de Bolsonaro por má gestão da pandemia

O pedido é baseado nas ações do governo federal para o combate à covid-19

It News MS

Publicado

 em

Divulgação

Partido do deputado federal Dagoberto Nogueira, o PDT formalizou pedido ao procurador-geral da República, Augusto Aras, para que avalie a necessidade de interdição do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido). As informações são do site Uol.

O pedido é baseado nas ações do governo federal para o combate à covid-19. Segundo o partido, Bolsonaro tem levado “o país ao abismo com as suas condutas negacionistas e obscurantistas em detrimento da ciência”.

O documento é assinado pelo presidente nacional do partido, Carlos Lupi, e também pelo ex-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT-CE).

“Denota-se que o Senhor Jair Messias Bolsonaro, no ponto, não tem o discernimento necessário, nem tampouco capacidades mentais plenas para seguir como presidente, pois não se afigura crível que um presidente da República atue com a finalidade de conduzir a população à morte”, diz a representação do PDT.

O partido também destaca que o presidente não tem dado a devida importância à vacinação, com sucessivas rejeições para a compra de imunizantes. De acordo com a legenda, o governo federal “já recusou ofertas de empresas farmacêuticas interessadas em vender imunizantes ao Brasil.”

Além disso, o documento diz que Bolsonaro faz “propaganda contra a saúde pública” ao propagar “notícias falsas e informações técnicas sem comprovação científica” e ainda promove medicamentos sem eficácia comprovada, como a cloroquina e agora o spray nasal, que é desenvolvido em Israel

Clique para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Enquete

Facebook

Publicidade