Conecte-se Conosco

Maracaju

Maracaju adere ao Cidade Empreendedora

Programa do Sebrae/MS vai continuar transformando a realidade local, e desta vez, contribuirá para retomada econômica da cidade

It News MS

Publicado

 em

Reprodução

Nesta segunda-feira (8), a prefeitura de Maracaju firmou contrato com o Sebrae/MS, pela segunda vez, para a execução do programa Cidade Empreendedora. A iniciativa visa transformar a realidade local, apoiando a retomada econômica das cidades participantes a partir do desenvolvimento de diferenciais competitivos como a área de comércio e serviços, agricultura familiar, turismo e inovação.

Na data, o prefeito de Maracaju, Marcos Calderan, participou da cerimônia, realizada na sede do Sebrae/MS, em Campo Grande, junto com os membros do Conselho Deliberativo da instituição, com a ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, e com representantes de outras dez cidades do Estado que também aderiram ao programa.

Segundo o gestor, o Cidade Empreendedora vai ajudar a promover a transformação do município. “A nossa proposta é transformar Maracaju em todos os aspectos, tanto no quesito infraestrutura, quanto desenvolvimento. Eu acredito que o Sebrae/MS é um grande parceiro nesse sentido, eu como empresário já desfrutei dessa parceria em outras épocas, conheço bem o Sebrae/MS e tenho certeza que vai ser muito importante para o desenvolvimento de Maracaju”, ressaltou Calderan.

A partir da contratação do Cidade Empreendedora, Maracaju vai receber acompanhamento do Sebrae/MS durante 15 meses. Será elaborado um plano de desenvolvimento econômico para o município com ações e práticas voltadas para o eixo “Cidade de Negócios”. O trabalho envolve análises, planejamento e entregas estratégicas para alavancar o município por meio do empreendedorismo e fomentar a geração de emprego e renda.

Dentre as iniciativas estão a desburocratização dos processos para a abertura e alterações de empresas; incentivos às compras locais; promoção de uma cultura empreendedora e a inovação nas escolas; melhorias na Sala do Empreendedor; estímulo ao desenvolvimento empresarial; e formação de lideranças que exerçam uma gestão pública empreendedora.

Segundo o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS e titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, o programa tem uma grande relevância para a retomada econômica.

“O objetivo de muitos prefeitos é buscar novos empreendimentos para gerar empregos nos municípios. Um de nossos pontos fundamentais com o Cidade Empreendedora é mostrar que Mato Grosso do Sul tem um ambiente de negócios favorável, a somatória dos 21 municípios que aderiram ao programa irá criar um ambiente melhor para fazer investimentos. Já os empresários necessitam de uma estrutura desburocratizada, para que possam implantar as suas atividades. Queremos que ao final deste ciclo, consigamos ter benefícios diretos para os pequenos negócios, e que o setor público seja visto como desburocratizado”, pontuou Jaime.

De acordo com o diretor superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça, o Cidade Empreendedora vem, principalmente, para promover o desenvolvimento das regiões. “É o maior projeto que o Sebrae está fazendo neste ano. A ideia é pegar na mão de cada um dos empreendedores e fazer o desenvolvimento acontecer. O Sebrae trabalha em duas linhas: promovendo o econômico, através de melhorias no ambiente de negócios, e a outra linha, indo até a empresa, auxiliando no sucesso deste pequeno negócio. Nosso objetivo com o Cidade Empreendedora é levar para cada um dos municípios a transformação”, enfatizou Claudio.

Nesta edição, o Cidade Empreendedora vai contemplar 21 municípios, ou seja, além de Maracaju e dos dez municípios que firmaram contrato durante a solenidade, mais dez devem aderir ao programa. Desta vez, houve um recorde de cidades interessadas — 38 munícipios se candidataram para participar da iniciativa.

Próximos passos 

Em Maracaju, a execução do Cidade Empreendedora já começa amanhã (9). O programa “Sebrae na sua empresa” é o primeiro passo da iniciativa no município, quando agentes do Sebrae/MS vão percorrer os empreendimentos locais. A abordagem porta a porta vem para identificar as necessidades de cada empresário e, a partir disso, propor soluções. Com a ação, vai ser possível mapear como estão os empreendimentos em Maracaju e ajudá-los a melhorar os negócios. O mesmo trabalho é desenvolvido nos outros dez municípios que já aderiram ao programa.

Trabalho prestado

Maracaju adere ao Cidade Empreendedora pela segunda vez neste ano e, no ciclo anterior, adotou estratégias voltadas para o eixo competitivo “Agroindústria”. Entre as ações desenvolvidas durante a consultoria, esteve o incentivo às compras locais que envolveu a qualificação e fortalecimento dos produtores para que fosse feito um planejamento de produção voltado para atender as demandas do município.

Pelo menos, 100 pessoas foram capacitadas e 36 produtores rurais foram habilitados para fornecerem alimentos por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). De acordo com o Sistema de Gestão de Prestação de Contas (SIGPC/FNDE), somente em 2019, foram R$ 384 mil investidos pela prefeitura para a aquisição de alimentos por meio do PNAE, já por meio do PAA foram R$ 41 mil.

Para fomentar o empreendedorismo local e a desburocratização, dentre as ações desenvolvidas, o trabalho potencializou a Sala do Empreendedor presente no município e o fornecimento de orientações personalizadas aos empresários por meio do programa “Negócio a Negócio”. No âmbito da educação, escolas municipais ganharam a metodologia do programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) e atendeu mais de mil estudantes.

Além de Maracaju, outros 10 municípios de Mato Grosso do Sul já participaram do Cidade Empreendedora em edições anteriores: Alcinópolis, Anaurilândia, Bataguassu, Brasilândia, Bodoquena, Chapadão do Sul, Figueirão, Ribas do Rio Pardo, Santa Rita do Pardo e Sidrolândia.

Mais informações sobre o Cidade Empreendedora podem ser obtidas por meio do número 0800 570 0800.

Clique para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Enquete

Facebook

Publicidade