Conecte-se Conosco

Curiosidades

Mais rico do mundo, dono da Amazon ganhou R$ 9.378 por segundo em 2020

Mesmo com a crise do coronavírus, o empresário viu a sua fortuna crescer

It News MS

Publicado

 em

Divulgação

Pelo quarto ano consecutivo, o homem mais rico do mundo é Jeff Bezos, CEO e fundador da Amazon. Mesmo com a crise do coronavírus, o empresário viu sua fortuna crescer US$ 64 bilhões, de US$ 113 bilhões para US$ 177 bilhões. Durante o ano de 2020, Bezos ficou US$ 2.029,43 mais rico a cada segundo. Por minuto, o valor é ainda mais exorbitante: US$ 121.765,80. Convertendo em reais, Bezos passou de R$ 587 bilhões para R$ 1 trilhão no último ano. A publicação norte-americana usou o câmbio e valor das ações do dia 5 de março deste ano (R$ 5,684) e do dia 18 de março do ano passado (R$ 5,196).

Isso significa que, em reais, Bezos ficou R$ 562,718 mais rico a cada minuto no último ano, R$ 9.378 mais rico por segundo.

Renda dos brasileiros X fortuna de Bezos

Segundo o IBGE, a renda média atual do brasileiro é de R$ 1.380 mensais, o que dá R$ 16.560 por ano. Isso significa que, para faturar o que um brasileiro médio ganha anualmente, Bezos precisou de menos de dois segundos.

Como ele ficou mais rico em 2020?

A Amazon teve um aumento nas vendas online durante a pandemia de covid-19, à medida que as pessoas passaram a fazer compras online durante os períodos de quarentena e lockdown. As ações se valorizaram 61% nos últimos 12 meses e, no momento, a empresa está avaliada em US$ 1,66 trilhão.

Como resultado, Bezos viu seu patrimônio líquido aumentar em 2020. Cerca de 90% da riqueza do empresário vem das ações na Amazon, na qual ele tem 11% de participação. Ele também é dono do jornal The Washington Post e da empresa de exploração espacial Blue Origin, que concorre com empresas como a SpaceX de Elon Musk.

Clique para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Enquete

Facebook

Publicidade