Conecte-se Conosco

Coluna Neil Brasil

Magda Cotrofe, a grande musa dos anos 80

Modelo retorna ao mundo fashion com muito garbo e elegância

It News MS

Publicado

 em

Magda Cotrofe por Wagner Carvalho

Magda Cotrofe nasceu no interior do estado do Rio de Janeiro, na cidade de Campos. Começou sua carreira artística aos oito anos atuando em peças infantis e fotografando para jornais e revistas locais. Ficou conhecida como “ás dos patins”, pois era uma excelente patinadora artística. Aos 14, já trabalhava como professora de patinação pelo Automóvel Clube.

Em 1982, a sua história começou a ser construída no Rio de Janeiro, cursando a faculdade de Educação Física. Participou de vários concursos de beleza: Garota Carinho, Garota Circus, Miss Rio de Janeiro, e se formou pelo Senac como modelo profissional.

Foi aí que a carreira explodiu. Magda recebeu vários convites para ser capa de revista, desfiles e até filmes. Ao lado de Luíza Brunet, Xuxa e Monique Evans, Magda entrou para o hall das famosas modelos da década de 80, emplacando três capas da revista Playboy nos anos de 1985, 1986 e 1987.

Fez muito sucesso nos Carnavais desfilando para diversas escolas de samba. Foi madrinha de bateria em escolas de samba pelo Brasil. Em 1985, assinou contrato com a Rede Globo de Televisão para interpretar a Liliane no programa Viva o Gordo, onde contracenava com Jô Soares.Participou também de várias novelas na Globo, clipes musicais com Erasmo Carlos, Progamas de TV, como o do Gugu Liberato, Gilberto Barros, Hebe Camargo, Silvio Santos, Flavio Cavalcanti; Programas de humor como Armação Limitada, Casseta & Planeta e Zorra Total, dentre tantos outros.

Magda alcançou voos internacionais em Ibiza, no lançamento da loja BumBum. Também deu o ar da graça em Madrid, Roma, Nova Iorque e fez uma matéria para a revista alemã, Quick.

Sua carreira na tv não foi só atuando não. Ela também apresentou o programa Rio Mulher, na rede OM, do grupo SBT, em parceria com a eterna garota de Ipanema, Helô Pinheiro.

 Magda se destacou nas campanhas de lingerie. Ela estrelou em marcas como Du Loren. Inclusive, participou de um comercial premiado pelo diretor Carlos Manga.

Empreendeu e estilizou no setor de biquínis, com as marcas Ki Tanga, Star Light e Wooloko. Também se destacou como empresária no setor de joias, como designer. Recebeu o título de precursora do estilo biquíni fio dental, que marcou uma década e contribuiu para a história dessa peça no Brasil. Em 2000, Magda cursou a faculdade de jornalismo. Em 2017, foi convidada para ser curadora e representante do Bikini Art Museum na América Latina. A trajetória profissional de Magda pode ser conferida nos painéis expostos no primeiro museu do biquíni, localizado em Bad Rappenau, na Alemanha. Em 2020, recebeu o título de embaixadora do turismo da cidade do Rio de Janeiro, para divulgar a cidade que tanto ama.

Destaque: Magda foi indicada ao troféu imprensa como melhor atriz revelação, ao lado de Luiza Brunet e Monique Evans. Vários livros foram lançados em homenagem ao trabalho de Magda. Biquíni Made in Brasil, por Lilian Pacce; Um Mergulho no Rio, por Marcia Disitzer. Inspirou exposições fotográficas do fotógrafo Wagner Carvalho e História do Biquíni, no CCBB, e Yes! Nós temos biquíni, por Lilian Pacce.

Nos últimos anos, Magda passou uma longa temporada nos EUA, onde estudou e viveu a cultura americana. Sempre em busca de novas oportunidade e conhecimento.

 

 

Fotos: Wagner Carvalho

Clique para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Enquete

Facebook

Publicidade