Conecte-se Conosco

Três Lagoas

Lagoa Maior e reabertura de Academias passam a ter regras rígidas com publicação de novo decreto

Fica proibida a prática de atividades coletivas na lagoa maior

It News MS

Publicado

 em

Divulgação

Conforme a situação epidemiológica do município de Três Lagoas e as recomendações do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao novo coronavírus – Covid 19, a prefeitura, em meio à divulgação no Diário Oficial dos Municípios desta segunda-feira, o decreto nº. 180, alterando e acrescentando dispositivos do decreto número 167 de 05 de abril.

De acordo com o documento, fica proibida a prática de atividades coletivas na lagoa maior, parques, praças, áreas de lazer e áreas de recreação públicas, ressalvada a prática de atividades individuais durante os dias úteis da semana, assim considerados de segunda a sexta-feira, no período de 05h às 20h, e nesse caso excetuando feriados.

ACADEMIAS

As academias, centros de ginásticas, escolas de natação e estabelecimentos similares do tipo Crossfit, dança, zumba, jump, funcional dentre outros, ficam autorizados a funcionar, condicionado a emissão de “Alvará Individualizado Emergencial COVID-19”, a ser expedido pelo Órgão de Vigilância Sanitária Municipal.

O Alvará será concedido mediante prévia solicitação do interessado acompanhada de “Plano de Contingenciamento e Contenção de Riscos – PCCR”, com informação precisa de todos os protocolos e quantitativo de alunos por metragem quadrada.

DESCUMPRIMENTO

Na hipótese de constatação de cinco ocorrências coletivas de descumprimento ou violação das medidas de biossegurança estabelecidas em Decretos ou fixadas no Alvará Individualizado Emergencial pelos prestadores dos serviços de academias e similares, ficam desde já revogados todos os Alvarás Emergenciais e consequentemente suspenso o funcionamento desses estabelecimentos.

IGREJAS

Ainda de acordo com o documento, continuam suspensas as celebrações religiosas com a presença de público em templos e igrejas, ressalvado o funcionamento exclusivo para manifestação ou atendimento individual dos fiéis.

E, a partir do dia 26 de abril, o funcionamento de igrejas e templos de qualquer culto passará a vigorar com o limite de vinte e cinco por cento (25%) da capacidade do local de celebração, com distância mínima de 1,5m entre os participantes.

Para ter acesso ao documento clicar aqui.

Clique para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Enquete

Facebook

Publicidade