Conecte-se Conosco

Internacional

Embaixada americana no Brasil coloca em risco compra de insumos para produzir 32 milhões doses de vacina contra a Covid-19

It News MS

Publicado

 em

Divulgação

Na contramão do trabalho de diplomacia, a Embaixada dos Estados Unidos da América no Brasil tem usado a sua conta oficial no Twitter para denunciar possíveis crimes da República Popular da China, colocando em risco a articulação do Brasil, que anunciou ontem (24/03) a chegada de três voos do país asiático com 1.024 litros de IFA, insumo utilizado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) na produção de vacinas contra a Covid-19, o que é suficiente para a produção 32 milhões de doses da AstraZeneca.

Na prática, a atitude da Embaixada dos Estados Unidos da América no Brasil pode afetar essa negociação, que normalizaria um cronograma mensal de recebimento do ingrediente farmacêutico, pois há um problema global na cadeia de produção de vacinas, o que tem prejudicado a exportação para o Brasil de doses de vacina produzidas na Índia ou nos Estados Unidos, por exemplo.

O ingrediente farmacêutico ativo (IFA) é um item fundamental na formulação de fármacos, incluindo vacinas. No início do ano, a Fiocruz recebeu com atraso os primeiros lotes do insumo para a produção da vacina desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford. As primeiras doses produzidas pela Fiocruz foram entregues na semana passada. A previsão da instituição é de que sejam entregues 3,9 milhões de doses neste mês e outras 18,8 milhões em abril, 11,2 milhões a menos que a previsão inicial.

Clique para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Enquete

Facebook

Publicidade