Conecte-se Conosco

Coluna Neil Brasil

Elaine Uezato: União familiar nos negócios, ousadia e coragem para vencer

A empresária é dona de três lojas em Campo Grande

It News MS

Publicado

 em

Foto: Miguel Palacios

Com uma veia nata para as vendas, a campo-grandense, Elaine Cristina Barbosa Uezato, 45, começou a empreender muito jovem e tomou gosto pelos negócios. De vendedora de doces caseiros, queijos e sapatos, ela se tornou empresária e sócia proprietária de três lojas em Campo Grande-MS – Limão Rosa, Cacau Show e Tom da Pele. Além disso, atua no ramo imobiliário com construção e locação de imóveis na Capital; e com locação de casa/pousada para temporadas em Orlando, na Flórida (EUA).

Formada em Administração de Empresas pela Estácio de Sá(2004), Elaine estagiou numa loja de roupas infantis, se encantou pelo ramo e decidiu abrir há 15 anos a sua primeira loja no coração da cidade – a Limão Rosa – moda infantil, para crianças de zero a 16 anos. O negócio deu muito certo e logo nasceu uma filial em sociedade com seu irmão, Rodrigo Barbosa da Rocha. Tudo mudou com o nascimento da filha Valentina Barbosa Uezato, hoje com seis anos. Vendeu uma das lojas Limão Rosa e afastou-se dos negócios para dedicar-se integralmente a ela e ao seu marido, Alberto Uezato, industrial e sócio-proprietário da Trael Transformadores Elétricos e Centro Aço Indústria e Comercio de Aço Ltda, em Cuiabá/MT.

O amor dela por Valentina transborda quando reproduz para a filha a frase escrita para ela  ela sua mãe, Marilene Barbosa da Silva, já falecida, sua maior inspiração de mulher forte, determinada e sonhadora: “Você é o milagre do presente e a esperança do futuro”.

SUPERANDO ETAPAS

De origem humilde, Elaine viveu parte da infância e adolescência em Rio Negro-MS, retornou para Campo Grande aos 15 anos, época em que foi babá, doméstica, balconista de padaria e vendedora autônoma antes de se tornar empresária. Ela se orgulha de todas as fases de sua trajetória. Valentina cresceu, hoje estuda em período integral, mas todos os momentos livres do casal são para ela. Elaine voltou às suas atividades comerciais com uma franquia da Cacau Show, em Campo Grande, em sociedade com o cunhado Willian Viana Duarte. Com a loja recém inaugurada e lotada de chocolates para a Páscoa de 2020, veio a pandemia que exigiu dela criatividade e talento pra evitar maiores prejuízos. “Com o lockdown foi um caos, mas superamos. Vendemos no boca-a-boca. Esta vai ser a nossa primeira Páscoa com a loja funcionando plenamente e estamos bem otimistas. É muito prazeroso trabalhar com chocolates finos, as pessoas gostam muito”, diz Elaine. Otimista em relação à superação da crise, a empresária abriu há cerca de quatro meses a Tom da Pele-lingerie e sex shop. “Incluímos o sex shop para atender a demanda, os clientes começaram a pedir. Nossa expectativa é de que a gente venha a bombar nessa área também”, diz.

DA CAPITAL PARA OS EUA

Mesmo com empresas diversificadas, Elaine organiza o seu tempo para viajar com o marido, que se divide entre Campo Grande e Cuiabá, e para sempre ter disponibilidade para Valentina. Nesse quesito conta com o apoio do irmão, Rodrigo, e do cunhado Willian, respectivamente à frente da Limão Rosa e da Cacau Show. A família viaja todos os anos para Orlando, na Flórida, em função dos negócios e aproveita para passear. “Em Orlando alugo casa/pousada para temporada, incluindo as de condomínio privado a 10 minutos dos principais parques da Disney Word, com capacidade para hospedar até 23 pessoas. Viajar é uma das minhas paixões e conhecer outras culturas nos enriquece sempre”, ressalta.

“Ser mãe, esposa e empreendedora me faz completa e feliz. Como mulher é preciso inovar e se destacar pra vencer. Resumo minha vida com a poderosa palavra: gratidão.” – Elaine Uezato – empresária.

EM FAMÍLIA

Amamos fazer tudo em família no trabalho e na vida. Prezo muito pela união familiar. Fazemos questão de estar juntos e compartilhar nosso dia a dia, fazer
churrasco e acompanhar o desenvolvimento de nossa filha que é tão cheia de energia e carinho”, comenta. Elaine e o seu marido Alberto Uezato compactuam
do mesmo propósito empresarial: gerar empregos e poder ajudar as pessoas. Em Campo Grande suas três lojas geram 15 empregos diretos e indiretos, sem contar as vagas de trabalho no ramo imobiliário em Campo Grande e na Flórida (EUA); e na indústria e comércio em Mato Grosso. O critério para trabalhar nas empresas dos Barbosa Uezato é querer aprender e se destacar no que faz. “Acredito que meus funcionários têm de crescer junto comigo”, frisa ela.

 

Matéria da 59ª Edição da Revista AL.SO

Clique para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Enquete

Facebook

Publicidade