Conecte-se Conosco

Política

Deputado pede ao STF que Câmara analise pedidos de impeachment de Bolsonaro

Até o momento, mais de 100 pedidos de impeachment contra Bolsonaro já foram protocolados na Câmara dos Deputados

It News MS

Publicado

 em

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) durante votação de propostas na Câmara - Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) entrou com um mandado de injunção no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo para que a corte determine à Câmara a implementação de um prazo para análise de pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

No documento, o parlamentar destaca que “diante de atentados contra o Estado Democrático de Direito, foram propostos diversos impeachments contra o atual presidente.” Ele alega que “a falta de análise dos pedidos se dá por questões meramente políticas e não por excesso de demandas junto à Câmara dos Deputados”.

O deputado argumenta ainda que, apesar de as medidas de combate ao coronavírus serem prioridade, a análise dos pedidos de impeachments deveria ter sido feita. “Muitos pedidos de impeachment foram propostos, justamente, pela má condução do presidente nas medidas de enfrentamento”.

Até o momento, mais de 100 pedidos de impeachment contra Bolsonaro já foram protocolados na Câmara dos Deputados.

Amanhã, a leitura do requerimento da CPI da Covid deve acontecer no Senado. O documento pede a investigação das ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia e o colapso da saúde no estado do Amazonas no começo do ano.

No entanto, alguns parlamentares propõem que as apurações alcancem também os governos estaduais, distrital e as prefeituras.

Ontem, o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) divulgou em uma rede social a gravação de um telefonema feito com o Bolsonaro. Na conversa conversa o presidente diz temer que o relatório da CPI seja “sacana”, além de pressionar o senador a fazer pedidos de afastamento de ministros do STF.

Clique para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Enquete

Facebook

Publicidade