Conecte-se Conosco

Política

Contra o preconceito, frente parlamentar é criada em Caxias do Sul

Ação faz parte da Jornada de Legislação Antirracista em diversas cidades brasileiras

It News MS

Publicado

 em

Vereador Lucas Caregnato (PT-RS) - Divulgação

A Câmara de Vereadores de Caxias do Sul (RS) aprovou por unanimidade a Frente Parlamentar de Combate às Intolerâncias Raciais, Religiosas, de Gênero e de Orientação Sexual, de autoria do vereador Lucas Caregnato (PT-RS). Com duração até 31 de dezembro de 2022, a frente pretende conversar com a sociedade e corroborar a importância do combate a qualquer preconceito ou discriminação.

Com foco em quatro públicos: étnico-racial, gênero, intolerância religiosa e orientação sexual, vereadores vão conversar com todos os movimentos sociais e buscar informações sobre os tipos de violência e de discriminação sofridas em Caxias do Sul. Conforme Caregnato, a intenção é formar dentro da Câmara um compêndio dessas informações para subsidiar políticas públicas.

“Precisamos nos aquilombar nessa reunião entre os diferentes, promover a inclusão e rechaçar qualquer índice de intolerância e discriminação. Queremos uma sociedade que respeite a diversidade. O racismo é uma construção social e a escravidão acabou há mais de 130 anos. Do ponto de vista legal, ela parece ter sido resolvida, mas na realidade não foi. O índice de mortes cresceu na população afrodescendente, que são os mais pobres e com menos acesso à saúde e à educação. Diante desse contexto de vulnerabilidade, de exclusão social, os que mais morrem são os negros”, destaca o vereador.

Assassinatos

O preconceito com a comunidade LGBTQI+ e o destaque para o Brasil sendo um dos países que mais matam essa população também é ressaltado pelo vereador que, enfatiza o repúdio aos assassinatos. Além disso, Lucas Caregnato lembra o crescente número de feminicídios no país. “Precisamos ser antirracistas. Precisamos de uma sociedade que respeite a diversidade. É uma luta de todos!”, diz.

Além de Lucas, o requerimento foi assinado por Clóvis de Oliveira (PTB), Denise Pessôa (PT), Estela Balardin (PT), Felipe Gremelmaier (MDB), Gilfredo De Camillis (PSB), Gladis Frizzo (MDB), Juliano Valim (PSD), Marisol Santos (PSDB), Rafael Bueno (PDT), Renato Oliveira (PCdoB) e Tatiane Frizzo (PSDB).

Clique para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Enquete

Facebook

Publicidade